13/06/13

Vida de emigrante


Desengane-se quem pensa que a vida de emigrante é uma vida fácil. Muito pelo contrário! De facto, só quem passa por lá sabe o quão difícil é estar longe daqueles que amamos. É um ano no qual se contam os dias que faltam para as férias de verão, para finalmente podermos regressar ao país que trazemos no coração. Não é uma vida de luxos e extravagâncias  como muitos pensam. É preciso ter muita coragem para deixar tudo e ‘navegar num oceano’ em busca de uma vida melhor num país que não é o nosso. Fico magoada por haver pessoas que afirmam que nos achamos superiores somente por estarmos no estrangeiro. Se muitos se queixam por trabalharem em diferentes zonas do país e só poderem ir a casa durante o fim-de-semana, imaginem o quão doloroso é para quem está a dois mil e muitos quilómetros da família. Acreditem que só quem está numa situação destas sabe o enorme sacrifício que se faz. Eu estou aqui, mas o coração está lá! Sou emigrante, não sou mais nem menos que ninguém. Mas também ninguém é mais ou menos do que eu. Se estou aqui, é porque infelizmente o meu país não me oferecia uma vida estável e por vezes é preciso tomar decisões, é preciso lutarmos por algo melhor. Foi o que eu tive de fazer. Não vivo, sobrevivo! Como companhia tenho a saudade. Acompanha-me dia e noite e por vezes chega mesmo a sufocar. A vida é feita de escolhas, não me arrependo da minha, até porque não sou ingrata e a verdade é que sei que este foi e é o país que me oferece uma melhor qualidade de vida, com mais estabilidade e não me posso esquecer disso. Mas é verdade também que as minhas raízes estão lá e é lá também que me sinto realmente bem. Não só por ser o meu país, mas também por ser aí que tenho tudo e todos. ‘O que não nos mata torna-nos mais fortes’ e esta é uma experiência de vida que nos faz crescer imenso. Ensina-nos a valorizar as pequenas coisas! A dar valor à família e a todos os momentos que passamos com ela por muito breves que sejam. Sempre dei muito valor a tudo o que tenho, sempre valorizei imenso a família, mas hoje valorizo mais ainda! 





64 comentários:

  1. Mesmo, é muito complicado estar lá fora, nostalgia, saudades, necessidade de um abraço, são coisas que são diárias, dou muito valor a quem está lá fora em buscar de um amanhã melhor! Muita força! *

    ResponderEliminar
  2. mas há quem pense q vida de emigrante é fácil?? Se fosse já todos tínhamos ido embora...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, mas há quem pense que aqui o dinheiro 'cai do céu' e esquecem-se que para conseguirmos ter alguma coisa, é necessário trabalhar!
      Peço desculpa por responder aqui, mas não consigo aceder ao teu blog.

      Eliminar
  3. ainda bem que concordas :D. Escreves tão bem :)

    ResponderEliminar
  4. ohhh :)). Fico feliz por ficares feliz , é tão bom :D

    ResponderEliminar
  5. Mesmo, tu tens muita força para aguentar isso! *

    ResponderEliminar
  6. "Se muitos se queixam por trabalharem em diferentes zonas do país e só poderem ir a casa durante o fim-de-semana, imaginem o quão doloroso é para quem está a dois mil e muitos quilómetros da família." compreendo isto perfeitamente.

    ResponderEliminar
  7. E não, não me dou bem com a minha mom.

    ResponderEliminar
  8. tenho tanto medo de não conseguir passar nos exames no passado já falhei e tenho medo de voltar a acontecer :|

    ResponderEliminar
  9. eu espero que dure para sp (:
    que lindo texto! e é assim que se fala meu bem!

    ResponderEliminar
  10. eu acredito em ti :))
    óh de nada :o

    ResponderEliminar
  11. espero mesmo que sim $:
    estou tão nervosa :c

    ResponderEliminar
  12. Se quiseres continuar a ler o meu blog principal Mais do que Amor - http://omeuabrigo-a.blogspot.pt/, deixa-me o e-mail que utilizas no teu blog no link deste http://semnadaaacrescentar.blogspot.pt/ para poderes visitá-lo. Obrigada!

    Um beijo no coração,
    Aurora

    ResponderEliminar
  13. Olá minha querida Inês!
    Belíssimo texto! Boa sorte, que Deus te de forças para prosseguir! Não permita que nada nem ninguém roube os seus sonhos!
    Milhões de beijos, saúde e muito sucesso sempre.
    CoisadeMenina
    facebook.com/BgCoisadeMenina
    Instagram: @coisade_menina

    ResponderEliminar
  14. Não é fácil mas vai valer a pena.
    Força
    beijinhos e boa sorte

    ResponderEliminar
  15. Eu também doce. Fiz o convite, vê <3

    ResponderEliminar
  16. Não te preocupes, doce, e desculpa-me. Ando a viver, a ser feliz. E tu?

    ResponderEliminar
  17. Eu fico feliz. Bem mereces <3

    ResponderEliminar
  18. Não tens que agradecer :)

    ResponderEliminar
  19. Mais ou menos querida. Desculpa a ausência.

    ResponderEliminar
  20. Há coisas que só escrevendo me liberto, mas muito obrigado<3

    ResponderEliminar
  21. De facto, não é uma vida facil... Pelo menos que a longo prazo valha a pena o sacrifício :)

    ResponderEliminar
  22. Que lindo flor! Adorei o blog!!

    Obrigada pela visitaa!

    --> www.mayrinhafogaca.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  23. Deve ser tão difícil...! Um ato de muita coragem mesmo.
    Espero que nunca percas as forças :)

    www.mykindofjoy.blogspot.com

    ResponderEliminar
  24. Tem de ser devagarinho princesa :D
    MUITA FORÇA, PODES CONTAR SEMPRE COMIGO!!!

    ResponderEliminar
  25. Feitos *o*
    Acabaram hoje os exames , agora só dia 10 do mês que vem é que saem as notas :p

    ResponderEliminar
  26. não podia concordar mais com isso , são sem dúvida os melhores :)

    ResponderEliminar
  27. Com esforço tudo se consegue :) já á muito tempo que não me sentia bem comigo e finalmente sinto!

    ResponderEliminar
  28. Muito bom texto! A sério :)
    Espero é que essa decisão te tenha trazido/te traga uma vida melhor e um maior número de oportunidades que acabem por compensar (de certa forma) as saudades :)

    ResponderEliminar
  29. não sei se tenho tanta certeza , mas o importante é passar (:

    ResponderEliminar
  30. r: eu espero o mesmo princesse. espero que desta vez nada me faça sair daqui de novo nem ir-me abaixo como fui.

    ResponderEliminar
  31. r: Obrigada querida!
    Sabes, os amigos não existem mais. Não aqui, neste mundo. Já caí nesta realidade à muito, vou disfarçando o quanto posso, e até que consigo. Mas há fantasmas que nunca nos largam, e quando se está no fundo, eles não te permitem afastar; prendem-te a memórias imprecisas, momentos passados, e depois atiram-te para a dor nostálgica que é revive-los de novo.
    Eu sei que consigo aguentar, e até superar.. mas falta-me algo. E eu não sei o que isso é $:

    ---

    Sei bem o que é a vida de um emigrante. Não sou, mas o meu pai é, e eu sei o que custa tê-lo longe de mim. Se o que sinto já é implacável o suficiente, o que vocês sentem é ainda mais doloroso. A nós que ficamos custa, mas a vocês que partem dói.
    Mas enfrenta isso com coragem e esperança de que o amanhã será melhor, e que um dia poderás regressar ao teu país! Força linda**

    ResponderEliminar
  32. r: ainda bem que gostaste princesse. eu precisava mesmo de uma mudança a fundo!

    ResponderEliminar
  33. Olá Inês, obrigada pelo comentário, gostei muito do teu blog, se quiseres podemos seguir-nos via bloglovin já que o Google reader vai terminar, o que achas?

    beijoca

    Telmíssima

    ResponderEliminar
  34. Espero que tenhas razão. Sempre me senti sozinha e tendo a afastar as pessoas…mesmo as que mais gostam de mim. Não imaginas, na maior parte das vezes pareço que vivo num mundo completamente à parte. Nunca estou cá, no presente. Ou estou no passado – a rever o que fiz e a pensar que noutros tempos já fui feliz - , ou no futuro – a imaginar-me quase num mundo paralelo, longe desta realidade. E custa tanto! :c

    De nada princesa, não agradeças. Conheço bem o que sentes. As despedidas são sempre a parte pior. É das piores coisas que existem. É difícil mas temos que ter força para aguentar, e como te disse, ter esperança de que um dia tudo vai voltar a estar bem. Força princesa**

    ResponderEliminar
  35. Espero bem que sim! Não desejo isto a ninguém..

    Oh obrigada linda, tu também és muito simpática :) Não agradeças, eu gosto de ajudar. E se as minhas palavras ajudaram, fico muito feliz por isso :)
    Não princesa, o blog não tem fb.

    ResponderEliminar
  36. Que bom princesa, fico feliz por isso! ((: Eu já estou a seguir o teu blog. Eu não tenho fb do blog, mas vou seguir o teu através do meu facebook pessoal :)

    ResponderEliminar
  37. já não me lembro bem do que é que estávamos a falar , porque não tenho tido paciência pró blog :s pode ser que agora volte :o

    ResponderEliminar
  38. princesse, merci por todos os teus comentários lindos que vais fazendo. são muito importante, mesmo!

    ResponderEliminar
  39. Desculpa fui ao Sumol e pronto... já se sabe :) como estás?

    ResponderEliminar
  40. Só facebook pessoal, o meu blog não tem querida.

    ResponderEliminar
  41. O teu blog está a ficar lindísismo boneca *.*

    ResponderEliminar
  42. Acho que agora está perfeito! Esse fundo é lindooo *.*

    ResponderEliminar
  43. Não tens facebook pessoal?

    ResponderEliminar
  44. Oh, não dá. Aquilo é para pôr gosto. :S

    ResponderEliminar
  45. obrigada Inês.
    gostei muito, vou seguir...

    ResponderEliminar
  46. Mas estás aí sozinha?
    boa sorte :)

    ResponderEliminar
  47. Obrigada pelas tuas palavras e sim, espero que o meu alemão melhore. Apesar de eu notar progressos, cada dia, não deixa de ser frustrante. Tu sabes como é!
    Concordo com tudo o que disseste neste texto, as pessoas conseguem ser mesmo ignorantes no que trata de emigrantes. Eu não sou uma, porque a verdade é que eu estou a fazer isto porque quero e daqui a um ano volto. Mas detesto que as pessoas pensem que lá porque estou aqui por escolha miinha que se torna fácil. Não é, cada dia é uma batalha, mas chego ao fim satisfeita, como nunca me senti antes. Boa sorte com tudo!

    ResponderEliminar
  48. Minha querida nao es nada ignorante é natural que nao saiba, vou tentar-te explicar da melhor forma possivel, ora bem, estas a ver aquele quadrado que diz quantos dias falta e a entries etc? Tens que ir clicando nas coisas todas e ires seguindo esses passos todos é mesmo muito simples acredita. Espero que consigas :) beijinhos

    ResponderEliminar
  49. Um testemunho marcante que me tocou! É triste... muito triste para quem vai e para quem fica.

    Muito boa escolha de músicas.

    ResponderEliminar
  50. Um testemunho marcante que me tocou! É triste...muito triste ao que o nosso Portugal chegou.....é muito triste para quem vais e é muito triste para quem fica. Triste...Triste....triste...

    Muito boa escolha de músicas.

    Y

    ResponderEliminar
  51. Olá, descobri o seu blog hoje e gostei muito, este texto tocou-me particularmente, eu no meu caso tenho o meu namorado na suiça e assim que for possivel vou-me juntar a ele, é tão dificil estarmos longe de quem amamos, compreendo bem o que sente..

    Deixo aqui o endereço do meu Blog, se quiser espreitar onde falo de amor, de saudade, da vida e de fotografia.

    Um beijinho


    http://lifeloveandphotograph.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  52. E mesmo dificil a vida de imigrante, como eu que passo o fim de semana sozinho, sem amigos e sem convivio.

    ResponderEliminar
  53. Subscrevo na integra. Gostei muito deste texto.

    ResponderEliminar

Voltar ao Topo da página
Powered By Blogger | Design by Patrícia Caetano